Aplicativos para condomínio: Facilidade e tendência

Aplicativos para condomínio: Facilidade e tendência

Quando chega em seu condomínio, o que você encontra primeiramente é a portaria, os colaboradores que monitoram a entrada e a saída de passantes e veículos, os portões e seus acessos. Ultimamente, os aplicativos de celular têm se inserido de forma abrangente em nossas rotinas. E, para variar, eles vieram para facilitar sua vida nesse momento também.

Com os apps de condomínio você pode ter acesso e controlar sua chegada ou saída, e ter mais comodidade de deslocamento. Eles garantem praticidade e, principalmente, maior segurança sobre quem e quando vai ter acesso ao ambiente doméstico e residencial dos moradores. Pois, através dele é possível receber em tempo real as informações relacionadas ao acesso, evitando ou impedindo qualquer obstrução do seu patrimônio.

Pensado para gerenciar sua rotina, ele também auxilia na importante função de controlar a portaria de um conjunto residencial. Historicamente, esses setores eram organizados entre trocas de turnos e demanda de vários funcionários intercalados para poder oferecer um olhar atento 24h/dia. Assim, por falhas humanas, podemos encontrar a pessoa encarregada do setor cansada, ausente ou dispersa da função de cuidar da segurança e monitoramento. Além disso, a probabilidade de acontecer erros ou facilitar ações suspeitas de intrusos é maior.

Com essa facilidade, somando à instalação de câmeras e acesso com biometria, os moradores se inserem em outro patamar de tranquilidade.

Aplicativos para condomínio: Acesso compartilhado à circulação

Nesses aplicativos para condomínio o cadastro individual e de todos os demais moradores pode identificar quem circula no ambiente. Assim, além de ter conhecimento sobre eventos realizados no condomínio, você acessa seu histórico de entradas e saídas, permite entrada de visitantes ou controla movimentação de veículos, por exemplo. Prestações de serviços como deliveries ou correspondência também são sinalizadas por eles. Com isso tudo fica mais rápido e fácil, pelo seu celular.

Autonomia

Com esse tipo de serviço você se pergunta, então terei minhas informações compartilhadas com os vizinhos e perco minha privacidade? Não, a solução é pensada apenas para melhorar o acesso dos moradores, como atender a campainha do seu apartamento tocando no seu celular. As tecnologias envolvidas nos app’s de condomínio se estendem a ponto de pensar no conceito de portaria remota, cujo controle é reorganizado para o proprietário do apartamento.
É você quem permite ou fala com uma possível visita que bate em sua porta, visualiza quem deseja lhe visitar e até permite sua entrada mesmo sequer estando na residência, caso assim desejar. Por isso que aplicativos para controle de acesso têm se mostrado soluções integradas inteligentes e práticas, além de assegurar o bem estar dos moradores. Autonomia ou ações remotas facilitam seu dia a dia, assim como a ideia de app de condomínio.

Se interessou? A Shielder te ajuda a modernizar seu condomínio.
É importante usar a tecnologia inteligente para garantir uma vida segura. O controle de acesso gerenciado por cada interessado demonstra o que significa ter mais essa facilidade à mão. Mais que qualquer outro ícone usufruindo da memória de seu celular, um aplicativo para condomínio conecta você à garantia de segurança da sua família.

A Shielder está no mercado para te ajudar com essa facilidade de aplicativos para condomínio. Acesse nossa aba de serviços em nosso site e saiba mais, nós temos o que você precisa.

Entre em contato através do nosso site https://www.shielder.com.br/ , nosso blog https://blog.shielder.com.br/ ou email [email protected] .

Convívio entre moradores na quarentena

Convívio entre moradores na quarentena
Convívio entre moradores na quarentena

Como explanado pelas autoridades, o vírus do Covid-19 tem um ciclo de meses até haver controle de sua disseminação. Para passarmos por esse momento, é necessário atentar para o colaboração entre moradores em convívio na quarentena. Porém, a população tem demonstrado resistência e impaciência em respeitar as regras de isolamento por tanto tempo. Já houve dificuldade em aceitar os cuidados a serem adotados em locais públicos. A novidade da rotina, permanecer por um grande período em ambiente doméstico, é a exigência que os cidadãos certamente ainda não haviam vivido. Entretanto, respeitar esse item tem se demonstrado uma das medidas mais importantes na prevenção.

Não há alternativa: é permanecendo em casa que você se protege do Covid-19

Em consequência desse período, vizinhos até então desconhecidos podem estar convivendo ou se ajudando em ambientes de uso mútuo. Frente a tantas notícias ruins, este até que é um resultado positivo. A solidariedade e a compreensão fazem a diferença em períodos de pandemia. É esse o diferencial para gerar harmonia no convívio entre moradores na quarentena. Porém, o convívio induzido por mais tempo também pode ter trazido a muitos algo nunca antes testemunhado: descobrir alguns hábitos da rotina alheia que os seus horários de compromisso não possibilitavam. E isso pode gerar muitos problemas.

O que seriam esses hábitos alheios? Permanecer em tempo integral no espaço residencial causa a longo prazo um estado de estresse e impaciência nos indivíduos. Ou seja, após ter os afazeres concluídos, ou mesmo se procrastinados, é natural do ser humano necessitar ir a outros ambientes, exercitar-se, locomover-se, ter contato com outros contextos, inclusive com a natureza.

Povoar ambientes de praças, quadras ou parques é inadequado e nada recomendado até para condôminos que possuem ambientes internos semelhantes a esses. Por isso, a resiliência nem sempre sobrevive ao barulho provocado pelo vizinho que tem crianças em casa, por exemplo.

Convívio entre moradores na quarentena – adote o bom senso

São nesses momentos que ter calma e boa comunicação são essenciais para quem divide edifícios e condomínio.

  • Fumantes precisam considerar que o seu hábito entra no espaço do outro;
  • Se você causa incômodo sonoro aos demais, precisa atentar-se aos horários que tal ação é permitida. Caso contrário, o incômodo gerado a um vizinho próximo pode estender-se ao andar ou prédio inteiro, se alguém resolver colocar música mais alta que a sua, por exemplo;
  • Caso a nova rotina tenha alternado suas atividades entre dia e madrugada, é preciso conter a movimentação dentro do seu apartamento. Vozes, gritos, som de televisores, música, jogos, até mesmo dançar pode gerar impulsos na estrutura predial enquanto um vizinho descansa;
  • Se você tem enfrentado a difícil – quase impossível – missão de entreter seus filhos nos últimos meses, tente também desenvolver parte das atividades com eles de forma pedagógica e lúdica. Procure por jogos e brincadeiras que não usem bolas, skates e semelhantes em horários delicados para os demais.

Lembre-se: apesar da pandemia, ainda existem pessoas idosas, bebês, que se sentem incomodadas com sons ou algazarra. Principalmente, que ainda estão trabalhando normalmente, e por isso, cansadas e talvez sobrecarregadas.

Por que, mais do que nunca, é tão importante ser sensato no convívio?

Igualmente ao modo de uso das máscaras, essa ação é individual para beneficiar um grupo. Assim, respeitar o dia a dia garante que um período de tempo do qual não podemos fugir não se torne mais tenso e difícil a todos. Contribuirmos em frações correspondentes às ações individuais pensando na harmonia de um contexto é ter responsabilidade social. Nós somos os agentes que determinam o modo como passaremos pelo restante do isolamento até tudo voltar a ser controlado e seguro para atividades normais e rotina costumeira.

Seja responsável e sensato, por detrás das máscaras haverá muito mais sorrisos direcionados a você!

Entre em contato através do nosso site https://www.shielder.com.br/ , nosso blog https://blog.shielder.com.br/ ou email [email protected] .

COVID-19- Nosso novo morador:

Profissional de limpeza executando todos os cuidados de proteção contra o Covid-19.

O Covid-19 chegou e você não viu a empresa de mudanças descarregando os móveis, nem rostos felizes saudando os vizinhos da nova casa. O Corona Vírus provavelmente se instalou sutil e silenciosamente como novo morador do seu condomínio. Não há como saber se ele está ou não no ambiente onde você mora. Pois é assim que funciona com o SARS-CoV-2, o vírus que viemos combatendo em 2020.

Onde está o maior perigo? Se é que ainda há diferença

Dentro de nossas residências é mais fácil controlar a higienização, pelo tamanho do ambiente e o número menor de pessoas circulando. Porém, os ambientes de uso comum nos condomínios são mais propícios à contaminação e disseminação do COVID-19. Seja os internos como recepções, escadarias ou churrasqueiras, seja os externos como pátios recreativos e jardins de convívio.
Isso porquê os modos de transmissão acontecem por meio do toque do aperto de mão, por gotículas de saliva expelidas durante uma conversação, pelos espirros ou tosse de alguém infectado. Além do toque compartilhado de superfícies contaminadas como fechaduras, maçanetas, botões de elevador, portas, balcões, interfones e biometria, etc.

E na luta contra o covid-19, onde você entra nisso?

São tantas as formas de estar à mercê da falta de cuidado do outro com todos esses lugares e ambientes, que o seu cuidado deve ser redobrado. Essa é a nova realidade da população de condôminos. Tornou-se uma preocupação tocar e ter aproximação com pessoas e objetos. Como não sabemos onde e com quem essa doença pode estar, a situação complica-se cada vez mais com esse vizinho tão indesejado.


Um fator agravante é a característica do vírus de infectar, mas de forma assintomática. O que isso significa? Há pessoas portadoras do Covid-19 que não apresentam os sintomas divulgados pelos órgãos de saúde. E por isso, circulam entre nós sem as devidas precauções de isolamento. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 80% das pessoas podem ser assintomáticos e cerca de apenas 20% dos casos podem requerer atendimento hospitalar. Dentre essa parcela mais frágil estão aqueles que apresentarão dificuldade respiratória e, por fim, desses casos aproximadamente 5% poderão necessitar de suporte para o tratamento de insuficiência respiratória (suporte ventilatório). Logo, voltando ao nosso lar, nas idas e vindas de saídas necessárias como supermercado e farmácias, não esqueça os procedimentos de limpeza de suas roupas e mãos ao adentrar sua residência.

Divida soluções com os vizinhos

Se o seu condomínio não está respeitando as regras básicas estabelecidas, exija isso de síndicos e supervisores. Os funcionários responsáveis pela limpeza dos ambientes devem utilizar desinfetantes e álcool 70% em suas atividades. Além disso, contribua com suas idéias! A responsabilidade é sua também.
Caso algumas soluções inteligentes como acesso via QR-code ainda não estejam instalados, sugira-os. Esses recursos diminuem muito o contato recorrente dos moradores, e com isso, protege a você e ao outro. Precisamos usar tudo que temos a nosso favor, a pandemia não cessou. Deixe o ambiente seguro para todos os moradores, menos esse último, instalado sem convite e que não queremos por perto.

Entre em contato através do nosso site https://www.shielder.com.br/ ou email [email protected] .

COVID-19: Todos Juntos Contra a progressão do vírus.

COVID-19
COVID-19-Todos Juntos Contra a progressão do vírus.

Desde o começo do COVID-19, percebemos que o processo de disseminação do vírus é progressivo, o que aumenta a seriedade da questão. As poucas intervenções que temos a nosso alcance são a forma mais eficaz de precaução. E mais que isso, evitar que haja estancamento das medidas preventivas só porque achamos que tudo já passou.

Percebemos que muitas pessoas estão compartilhando em mídias os eventos e reuniões familiares com de número considerável de pessoas. Em parte, isso é resultado da dificuldade em enfrentarmos pela primeira vez um isolamento de tal tamanho, e em outra, pelo descaso à seriedade do problema. Assim, torna-se mais exaustiva a tentativa de conscientização daqueles que já entenderam o nível de cuidado necessário. Sobretudo, entendamos o quanto de tempo esse isolamento demanda a nós, para que tenha alguma chance de funcionar. Esse é o nosso tema de casa, enquanto os profissionais da saúde, por exemplo, tentam lidar com o número limitado de recursos existentes para atender à soma de infectados.

COVID-19: O segredo é pensar por todos.

É essa consideração que falta àqueles que estão reunindo-se e festejando em um momento nada propício. Máximas antigas já dizem que “os bons pagam pelos maus”, porém, não podemos permitir que isso crie força. Cada cidadão em seu local de convívio pode ser capaz de atentar às pessoas ao seu redor e alertá-las sobre o papel individual e como este é amplificado para o bem comum. Quando vivemos em comunidade, conjuntos residenciais ou condomínios, por exemplo, essa série de precauções se expande para garantir a segurança de todos. É preciso colaboração.

Seja voz presente no seu condomínio.

Se o seu condomínio for de menor ou maior população, tome as mesmas medidas, peça a colaboração dos vizinhos: usem máscaras e exijam da equipe de serviços um trabalho de acordo com as indicações dos órgãos de saúde. Proteger a todos e mantermos essa precaução até erradicarmos a propagação é o objetivo comum. Não é momento de olhar apenas para a segurança particular.
A Shielder tem essa consciência e deseja que todos compartilhem dessa empatia. Divulgar informações corretas e manter cuidado serão de grande ajuda para evitar a progressão do vírus. Precisamos disso todos os dias, a cada ir e vir de espaços compartilhados. Fique em casa, apenas se apresentar sintomas procure uma unidade médica.

Entre em contato através do nosso site https://www.shielder.com.br/ ou email [email protected] .

Seu Condomínio aceita Bitcoin ?

condomínio, controle de acesso, automação e bitcoin

Se você curte tecnologia ou apenas quer saber como seu condomínio pode ser tornar mais seguro, então clique no botão Favorito e adicione nosso blog. Aqui é sua leitura!

Em nosso primeiro Post, vou abordar um assunto bastante interessante e que certamente vai despertar sua curiosidade.
Muito se falou nos últimos meses sobre as criptomoedas, e certamente você ouviu falar sobre BitCoin, certo?
Essas sâo as moedas virtuais, que investidores ou curiosos começaram a comprar devido à supervalorização no mercado.

Se você é um deles que possui essas moedas, atenção! Em um futuro próximo elas serão aceitas para pagar suas contas do condomínio!
É isso mesmo que voce leu! Foi anunciado em Julho que uma inovadora imobiliária brasileira já aceita criptomoedas para pagamentos como aluguel ou taxa condominial.
Hoje o mercado está buscando cada vez mais a transformação através de condomínios inteligentes, e a tecnologia é um forte aliado tanto na segurança como nas atividades operacionais do dia-a-dia.

Se você quer conhecer mais tecnologias sobre controle de acesso e automação para segurança em condomínio, visite shielder.com.br