4 passos para a segurança do seu condomínio

controle de acesso no condomínio
controle de acesso no condomínio

Se você curte tecnologia ou quer mais segurança para seu condomínio, então clique no botão Favorito e adicione nosso blog. Aqui é sua leitura!

Segurança é um assunto de extrema importância para garantir o bem estar das famílias que hoje escolhem morar em condomínios. Por isso, existem diversos meios que são adotados afim de reduzir ou eliminar incidentes que prejudicam a rotina e tranquilidade dos moradores e colaboradores.

Veja a seguir os principais pontos de atenção.

1- Investir em tecnologia

Ter uma portaria 24 horas é imprenscindível, porém apenas esse método não é suficiente. Com a diversidade de tecnologias de segurança em condomínios, essas certamente devem ser consideradas para complementar os serviços dos profissionais da portaria. Podemos citar as câmeras de circuito fechado, sistemas eletrônicas de segurança, softwares focados em controle de acesso, entre outros.

2- Adequar o controle de acesso

Da mesma forma que o profissional da portaria deve solicitar a identificação dos visitantes e prestadores, essas informações devem ser registradas e armazenadas, conforme a lei LGPD, nos sistemas de controle de acesso. Esses sistemas permitem consulta ao histórico para eventuais necessidades relacionadas à segurança. Também estão conectados às bases de dados da polícia para análise de antecedentes criminais e assim, permitindo apenas acesso as pessoas cadastradas e registradas com respectivos dia e horário de acesso.
Essas tecnologias notificam instantâneamente moradores da chegada de novos visitantes ou prestadores de serviço através de aplicativos, eliminando interfones.

3- Definir de forma clara as tarefas

É muito importante que os profissionais estejam dedicados integralmente à segurança do condomínio e mantenham o foco em suas atividades principais. Todas as regras condominiais devem ser sempre seguidas. Por exemplo, quando um visitante frequenta regularmente o condomínio, também é necessário seguir todas as etapas de acesso. Sobretudo, os moradores devem ser orientados a não solicitar atividades extras aos profissionais, para evitar pontos de falha na segurança.

4- Treinar constantemente os colaboradores

Por último, todos os profissionais devem ser constantemente treinados e atualizados sobre as rotinas de segurança e novidades tecnológicas.

Se você quer conhecer mais tecnologias sobre controle de acesso e automação para segurança em condomínio, visite shielder.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *